Tabela do PIS e do PASEP para pessoas com mais de sessenta para o ano de 2018

O pagamento de quotas do PIS/Pasep para pessoas com mais de 60 anos vai começa em 24 de janeiro.

O crédito em conta para quem conta corrente ou poupança individual na Caixa e no Banco do Brasil será feito na noite do dia 22 de janeiro.

Já o pagamento das cotas do PIS/Pasep para homens com mais de 65 anos e mulheres com mais de 62 anos, será retomado a partir desta segunda-feira (8), nas agências e canais da Caixa e do Banco do Brasil, assim como para os cotistas com mais de 70 anos, aposentados e herdeiros. 

Tabela do PIS e do PASEP para pessoas com mais de sessenta para o ano de 2018

Data Quem tem direito a retirar
8 de janeiro Mulheres com 62 anos ou mais e homens com 65 anos ou mais
22 de janeiro Pessoas a partir de 60 anos com conta na Caixa e BB
24 de janeiro Pessoas a partir de 60 anos
A qualquer momento Aposentados, idosos com mais de 70 anos e herdeiros de cotistas falecidos

Resultado de imagen para pis saque

Quem pode sacar

Tem direito às cotas do PIS/PASEP o trabalhador cadastrado no Fundo entre 1971 até 4 de outubro de 1988 e que ainda não sacou o saldo total de cotas. Ou seja, quem trabalha ou já trabalhou em empresa privada, tenha se cadastrado no PIS até o dia 4 de outubro de 1988 e ainda não tenha feito o saque total.

Quem entrou no mercado de trabalho a partir da década de 90 tem direito aos abonos salariais, pagos anualmente pelo PIS/Pasep.

Tabela do Seguro-Desemprego 2018

Tabela do Seguro-Desemprego 2018

Faixas de salário médio Valor da parcela
Até R$ 1.480,25 Multiplica-se o salário médio por 0,8 (80%)
De R$ 1.480,26 até R$ 2.467,33 O que exceder a R$ 1.480,25, multiplica-se por 0,5 (50%) e soma-se a R$ 1.184,20
Acima de R$ 2.467,33 Parcela será de R$ 1.677,74, invariavelmente

Resultado de imagen para Aplicativo Caixa TrabalhadorA maior parcela do seguro-desemprego em 2018 passa a ser de R$ 1.677,74 a partir desta quinta-feira (11 de janeiro), informou o Ministério do Trabalho.

O patamar máximo aumentou em R$ 34,02 em relação ao valor anterior de 2017 (1.643,72) e é pago aos que receberam salário médio acima de R$ 2.467,33.

O reajuste das parcelas do seguro-desemprego é feito todos os anos pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior. Em 2017, o INPC acumulou alta de 2,07%.

O valor do seguro-desemprego é definido com base em três faixas salariais. O piso do benefício é equivalente ao salário mínimo, que foi reajustado para R$ 954,00.

Valor do teto do INSS para 2018 é de R$ 5.645,80

O teto para quem se aposentou pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passou de R$ 5.531,31 em 2017 para R$ 5.645,80 em 2018. Veja como ficou a nova tabela de contribuição:

Tabela do INSS Autônomo 2018 – Novos Valores
Salário de Contribuição (R$) Alíquota (%) Valor
R$ 954,00 5% (não dá direito a Aposentadoria por Tempo de Contribuição – Plano Simplificado Baixa Renda, clique para saber mais) R$ 47,70
R$ 954,00 11% (não dá direito a Aposentadoria por Tempo de Contribuição – Plano Simplificado Geral, clique para saber mais) R$ 104,94
R$ 954,00 até R$ 5.645,80 20% (Plano Normal) De R$ 190,80 (sobre o mínimo) até R$ 1.129,16 (sobre o teto)

Resultado de imagen para teto inss

Resultado de imagen para teto inss